41 3085-8810 contato@sinergiaengenharia.com.br

Como está a sua percepção a respeito da qualidade do ar em Curitiba?

O monitoramento da qualidade do ar iniciou-se na Região Metropolitana de Curitiba na década 80. Até 2010, este monitoramento era divulgado pelo IAP uma vez por ano por meio de um relatório. A partir de 2011 a divulgação começou a ocorrer por meio de boletins mensais. Já em 2012 esse monitoramento passou a ser transmitido quinzenalmente e em 2013 a divulgação passou a ser diária.

Em 2014, o Paraná se tornou o segundo Estado do Brasil a transmitir a qualidade do ar nas estações de monitoramento automático em tempo real. As informações são atualizadas no site do IAP de hora em hora.

Os resultados são dispostos por meio de uma espécie de nota, conhecido como Índice de Qualidade do Ar (IQA). Os parâmetros contemplados pela estrutura do índice são: Dióxido de Enxofre (SO2), Dióxido de Nitrogênio (NO2), Ozônio (O3), Monóxido de carbono (CO), Partículas Inaláveis (PI), Partículas Totais em Suspensão (PTS) e Fumaça

E as classificações são definidas da seguinte forma:

IQA até 50 = “Boa” isso quer dizer que o impacto é muito pequeno ou não existe;

IQA entre 51 e 100 = “Regular” pode causar impacto apenas em pessoas muito sensíveis;

QA entre 101 e 150 = “Inadequada” pode causar impacto em pessoas sensíveis;

IQA entre 151 e 200 = “Inadequada” pode causar impacto em pessoas sensíveis com sensibilidade média e de forma mais acentuada em pessoas sensíveis;

IQA entre 201 e 300 = “” pode causar impacto em pessoas com sensibilidade média e com efeitos mais graves;

IQA acima de 300 = “Péssima ou Critica” pode causar impacto na população em geral.

Cabe ressaltar que as categorias   BOA e REGULAR atendem ao padrão primário de qualidade do ar, estabelecido para a proteção da saúde da população. As categorias com um índice acima de 100 representam violações deste padrão e devem ser evitadas.

Comparando os resultados do mês de dezembro dos monitoramentos das quatro estações de Curitiba sendo elas: Boqueirão, Ouvidor Pardinho, Santa Cândida e CIC, todas resultaram 100% dos dias qualidade “Boa”. Já na estação do Boqueirão durante 3 dias a qualidade foi “Regular”.

Você concorda? Como está sua percepção em relação a qualidade do ar de Curitiba?

(11/03/2016)

Maíra Caires Aquino é Engenheira Ambiental e Especialista em Construções Sustentáveis.

Maíra Caires Aquino
Maíra Caires Aquino
Engenheira Ambiental e Especialista em Construções Sustentáveis

1
Deixe um comentário

avatar
  Increver-se  
Notificar-me
Gustavo Telles Alves
Gustavo Telles Alves

eu concordo que a qualidade do ar de Curitiba está boa!!!

Notícias relacionadas

Ver mais notícias

Assine nossa newsletter

Cadastre seu e-mail e receba conteúdos exclusivos da Sinergia Engenharia!