41 3085-8810 contato@sinergiaengenharia.com.br

Inventário de Gases de Efeito Estufa

O aquecimento global vem se intensificando pelo aumento dos volumes de gases de efeito estufa presentes na atmosfera terrestre, em decorrência das ações antrópicas. Recentemente foi verificado que com o aumento da concentração desses gases ocorre a absorção da radiação infravermelha, que é refletida pela superfície terrestre, ficando retidas na atmosfera (IPCC 2007).

É importante a realização do inventário de emissões de gases de efeito estufa (GEE), pois assim a empresa terá o conhecimento dos índices de emissões de gases de efeito estufa gerados e poderá desenvolver uma melhor adequação nos padrões de desenvolvimento sustentável, na economia de baixo carbono, na redução de custos, estar de acordo com as exigências de mercado e aumentar assim a participação na formulação de políticas públicas.

O inventário é realizado com base nas normas internacionais da ISO 14.064, que fornecem diretrizes tais como: Princípios a serem adotados para  se planejar, desenvolver, gerenciar e relatar inventários de GEE em organizações ou empresas, a qualidade das informações inventariadas, as responsabilidades das verificações das atividades, também a determinação dos cenários de referência com o intuito de monitorar, quantificar e relatar o resultado do projeto em relação ao cenário base, detalhar os requisitos para verificar inventários e validar ou verificar projetos de GEE.

As emissões de GEE poderão ser declaradas ao programa “Selo Clima Paraná” o qual possui o intuito de realizar o registro público de emissões e assim formular o inventário de GEE do Paraná. De acordo com a Resolução SEMA 09/2017 a agraciação do Selo Clima Paraná é dada de três maneiras, sendo entre elas o “Selo CLIMA PARANÁ” que para aderir basta enviar a declaração das emissões simplificadas, já com relação ao “Selo CLIMA OURO” e “Selo CLIMA OURO PLUS” são necessárias declarações das emissões feitas de maneira completa e verificadas diferenciando apenas que para receber “Selo CLIMA OURO PLUS” é necessária a redução de 1% ao ano em relação ao ano anterior, com a possibilidade de ser compensada de maneira parcial com a utilização de créditos de carbono.  Ambos os dois selos oferecem a possibilidade do aumento da extensão do prazo da Licença de Operação.

Entre em contato com a Sinergia Engenharia para a quantificação das emissões atmosféricas geradas pela sua empresa!

(30/03/2018)

Agatha Julie Seretni Uchi é graduanda de Engenharia Ambiental pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná

Deixe um comentário

avatar
  Increver-se  
Notificar-me

Notícias relacionadas

Ver mais notícias

Assine nossa newsletter

Cadastre seu e-mail e receba conteúdos exclusivos da Sinergia Engenharia!