41 3085-8810 contato@sinergiaengenharia.com.br

Para que serve o Inventário de Gases de Efeito Estufa em empreendimentos industriais?

A fim de buscar um equilíbrio entre a conservação do Meio Ambiente e o crescimento econômico, prevendo que os recursos naturais estejam presentes e nas mesmas quantidades e qualidades para as gerações futuras, os programas de sustentabilidade, que tem como componentes os aspectos de emissões atmosféricas, água, resíduos, efluentes, biodiversidade e questões sociais, devem estar na pauta de empresas e governos.

A elaboração de Inventários de Gases de Efeito Estufa vai de encontro com este preceito atendendo a uma das linhas que podem ser trabalhadas dentro de uma organização a fim de reduzir os impactos antrópicos sob o Meio Ambiente.

Além disso, a realização de Inventários de Gases de Efeito Estufa vai de encontro aos preceitos presentes no Protocolo de Kyoto, que tem por intenção promover a diminuição das emissões desses gases ao redor do mundo. E ainda, permite às organizações identificarem e quantificarem suas emissões para a partir de então visualizar oportunidades de novos negócios no mercado de carbono, atrair novos investimentos, planejar processos que garantam eficiência econômica, energética ou operacional, melhorar a imagem da empresa através do seu compromisso com as Mudanças Climáticas e é um pré-requisito para a elaboração de projetos de compensação, bem como para a solicitação do licenciamento ambiental em alguns estados brasileiros, sendo essa uma tendência para os demais estados.

Esta ferramenta é o primeiro passo para identificar as principais fontes e o nível de emissão atmosférica de uma organização, de forma a avaliar e estabelecer estratégias para a redução e compensação das emissões, assim empresas e órgãos públicos reconhecem suas responsabilidades frente às questões ambientais, mais especificamente no contexto das Mudanças Climáticas.

A prática da elaboração de Inventários de Gases de Efeito Estufa visa, em conjunto com outros aspectos, embasar um novo modelo de gestão organizacional em que ambiente, sociedade e retorno econômico sejam igualmente considerados na tomada de decisão.

(29/05/2015)

Juliana de Moraes Ferreira é Engenheira Ambiental e Especialista em Gestão de Energia.

Juliana de Moraes Ferreira
Juliana de Moraes Ferreira
Engenheira Ambiental e Especialista em Gestão de Energia

5
Deixe um comentário

avatar
  Increver-se  
Notificar-me
Roberto Cesar Cunha
Roberto Cesar Cunha

Parabéns Juliana pela iniciativa.

Roseli
Roseli

Bem embasada a questão….

Cleriston Nogueira
Cleriston Nogueira

Ola Juliana tudo bem , sou técnico de meio ambiente e graduando em engenharia ambiental e sanitária a que em fortaleza , achei bastante importante esse inventario de emissões trabalhei com qualidade doar por três anos e oito meses , gostaria de saber se você teria um modelo de inventario que possa disponibiliza .

nogueiracleriston@gmail.com

Anderson
Anderson

Parabéns julia !!

Equipe Sinergia
Equipe Sinergia

Obrigada Anderson!

Notícias relacionadas

Ver mais notícias

Assine nossa newsletter

Cadastre seu e-mail e receba conteúdos exclusivos da Sinergia Engenharia!