41 3085-8810 contato@sinergiaengenharia.com.br

Projeto Rondon: muito além da universidade

projeto rondon

Em 2005, o Projeto Rondon retomou sua proposta após ter sido desativado em 1989. O projeto corresponde a uma ação do Governo Federal realizada em parceria com estados, municípios e instituições de ensino superior. Sendo coordenado pelo Ministério da Defesa, o projeto tem o intuito de contribuir para o desenvolvimento local sustentável, visando a melhoria da qualidade de vida daqueles que vivem em regiões menos favorecidas, dentro do Brasil. Através de ações com as comunidades, os acadêmicos colocam em prática o que aprenderam em sala de aula.

Estagiária da Sinergia Engenharia de Meio Ambiente e acadêmica do curso de Engenharia Ambiental da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR), Thayoná Souza de Oliveira foi aprovada no processo seletivo que envolveu aproximadamente 60 candidatos, para participar de atividades do Projeto RONDON – “Operação João de Barro”. Doze municípios do semiárido Piauiense, receberam ao todo 252 rondonistas, sendo esses de 24 universidades de todo território nacional, para desenvolvimento das atividades entre os dias 12 a 28 de julho de 2019.

A equipe multidisciplinar de 19 rondonistas, das áreas de: Eng. Ambiental, Direito, Medicina Veterinária, Psicologia, Design Gráfico, Engenharia Florestal, Arquitetura e Urbanismo, Enfermagem, Terapia Ocupacional, Odontologia e Administração, foram ao município de Várzea Grande – PI, uma pequena cidade, com aproximadamente 5 mil habitantes, para colocar em prática todos os projeto elaborados durante 1 ano. A rondonista relata sua experiência:

Foram muitos finais de semana elaborando projetos e oficinas, com o intuito de levar uma melhor qualidade de vida a população de Várzea Grande – PI, sempre respeitando o meio ambiente. A principal realidade encontrada foi a falta de saneamento básico (Água, Esgoto, Resíduos e Drenagem), com isso desenvolvemos trabalhos voltados a essa área como: Tratamento de água para consumo, Sistemas de esgotamento sanitário (Fossa ecológica e círculo de bananeiras), incentivo a gestão local para iniciar a separação de resíduos, entre outros, visando queda no número de pessoas com doenças de veiculação hídrica comum na cidade (diarreia, febre tifoide, hepatite, cólera, entre outras). O meio ambiente está diretamente relacionado com a saúde, por isso é necessário um trabalho efetivo de conscientização na área ambiental, não somente para aqueles moradores do Piauí, mas em nível nacional e mundial, afinal é necessário que todos tenham olhares críticos, para reconhecer que o cuidado com o planeta é uma obrigação de todos, pois esse não será utilizado apenas por nós, mas sim pelas gerações futuras!

A experiência da atividade realizada junto ao Projeto Rondon, além de trazer o sentimento de dever cumprido por ajudar os cidadãos da pequena Várzea Grande – PI, também trouxe crescimento para minha vida profissional e principalmente pessoal. Nós voltamos do Rondon com um pensamento diferente, muito mais humano e com um coração enorme, acredito que deixamos uma sementinha plantada. Depois de quase um mês de operação, recebemos mensagens de carinho, relatos, fotos diariamente dos moradores, que com certeza tiveram muitos benefícios com nossa presença.

Projeto Rondon, lição de vida e cidadania!

Thayoná Souza de Oliveira é acadêmica de Engenharia Ambiental da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR).

Deixe um comentário

avatar
  Increver-se  
Notificar-me

Notícias relacionadas

Ver mais notícias

Assine nossa newsletter

Cadastre seu e-mail e receba conteúdos exclusivos da Sinergia Engenharia!