41 3085-8810 contato@sinergiaengenharia.com.br

Avaliação da qualidade dos locais de disposição final dos resíduos sólidos

A Companhia Ambiental do Estado de São Paulo – CETESB, por meio dos conhecimentos e experiências adquiridas ao longo dos anos criou uma metodologia de avaliação e classificação dos locais de destinação de resíduos.  

Essa avaliação é feita por meio da aplicação de um questionário padronizado que avalia as características locacionais, estruturais e operacionais do local. Os dados coletados na inspeção permitem avaliar as condições ambientais desses locais por meio dos Índices de Qualidade de Aterro de Resíduos – IQR que podem ser classificados como adequados ou inadequados dependendo da pontuação.

O questionário do IQR avalia 34 subitens que estão dividido em 7 categorias são elas:

  • Estrutura de apoio: é avaliada a portaria, balança, vigilância, isolamento físico, isolamento visual e acesso à frente de descargas.
  • Frente de trabalho: são avaliadas as dimensões da frente de trabalho, compactação dos resíduos, recobrimento dos resíduos.
  • Taludes e bermas: são avaliadas as dimensões e inclinações, cobertura de terra, proteção vegetal e afloramento de chorume.
  • Superfície superior: é  avaliado o nivelamento da superfície e homogeneidade da cobertura.
  • Estrutura de proteção ambiental: é avaliada a impermeabilização do solo, profundidade do lençol freático, permeabilidade do solo, drenagem de chorume, tratamento de chorume, drenagem provisória de águas pluviais, drenagem definitiva de águas pluviais, drenagem de gases, monitoramento de águas subterrâneas e monitoramento geotécnico.
  • Outras informações: é avaliada a presença de catadores, queima de resíduos, ocorrência de moscas e odores, presença de aves e animais, recebimento de resíduos não autorizados, recebimento de resíduos industriais e estruturas e procedimentos.
  • Características da área: é avaliada a proximidades de núcleos habitacionais, proximidades de corpos de água, vida útil da área, licença de operação e as restrições legais ao uso do solo.

Por fim, após a aplicação do questionário, para notas do  IQR de 0 à 7,0 o local é classificado como condições inadequadas e notas de 7,1 a 10 o local é classificado como condições adequadas.

A aplicação deste indicador permite acompanhar e mapear a evolução da qualidade nos aterros bem como analisar o resultado das ações de controle de poluição ambiental desenvolvidas e a eficácia dos programas alinhados com as políticas públicas estabelecidas para o setor, além de possibilitar o aperfeiçoamento dos mecanismos de gestão ambiental.

Você sabe como está a qualidade do aterro da sua região?

(15/07/2016)

Maíra Caires Aquino é Engenheira Ambiental e Especialista em Construções Sustentáveis

Maíra Caires Aquino
Maíra Caires Aquino
Engenheira Ambiental e Especialista em Construções Sustentáveis

Deixe um comentário

avatar
  Increver-se  
Notificar-me

Notícias relacionadas

Ver mais notícias

Assine nossa newsletter

Cadastre seu e-mail e receba conteúdos exclusivos da Sinergia Engenharia!