41 3085-8810 contato@sinergiaengenharia.com.br

Aumento na geração de resíduos em tempos de Pandemia (COVID-19)

O aumento da geração de resíduos tem crescido a cada dia, mas esse número aumentou de forma significativa neste início de pandemia. O fato das pessoas permanecerem dentro de casa, acarreta em um aumento da produção de resíduos domésticos. O pedido via internet tanto de produtos como de alimentos são os vilões, uma vez que estes precisarem chegar aos consumidores muito bem embalados, com: plásticos, papéis, papelões, isopores, entre outros materiais.

Estima-se um aumento de 15-25% de resíduos domiciliares, e um crescimento de 10 a 20 vezes, na geração de resíduos hospitalares em unidades de atendimento à saúde (ABRELPE, 2020). Com isso soluções logísticas e operacionais devem ser rearranjadas tanto no setor público como privado. Principalmente hospitais, unidades de saúde e supermercados devem estar atentos a seus Planos de Gerenciamento de Resíduos – PGRS.

Com o acondicionamento, armazenamento, transporte e destino final, realizados de forma adequada, tem-se um menor impacto ambiental. Vale a recomendação de Silva Filho diretor-presidente da Abrelpe (Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais), em que empresas usem o bom senso e diminuam ao mínimo possível a quantidade de embalagens em seus produtos.

Nas residências vale o consumo consciente na hora de optar pela compra de produtos com um maior número de embalagens. Em caso de hospitais a Sinergia Engenharia pode estar elaborando o Plano de Gerenciamento de Resíduos de Serviço de Saúde – PGRSS, além do monitoramento desses resíduos, os mercados e as indústrias também podem contar com nosso auxílio para um melhor gerenciamento dos resíduos.

Thayoná Souza de Oliveira é acadêmica de Engenharia Ambiental da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR)

1
Deixe um comentário

avatar
  Increver-se  
Notificar-me
Nelmar Ferraro
Nelmar Ferraro

Entretanto, houve diminuição na produção de lixo, nos shoppings, restaurantes e comércio de rua.

Notícias relacionadas

Ver mais notícias

Assine nossa newsletter

Cadastre seu e-mail e receba conteúdos exclusivos da Sinergia Engenharia!