41 3085-8810 contato@sinergiaengenharia.com.br

Resíduo de gesso, o que pode ser feito?

A matéria-prima para a fabricação do gesso é o minério chamado gipsita. O Brasil possui a maior reserva mundial desse minério e possui um diferencial pela pureza desse material de 98%. As reservas de gipsita se concentram na região nordeste, mais precisamente no estado de Pernambuco, que fornece mais de 90% de todo o gesso produzido no país.

Devido as suas características e propriedades, o gesso possui diversas aplicabilidades na construção civil como: revestimentos de paredes e tetos, decoração de interiores, forro para paredes de fechamento em gesso acartonado, placas para rebaixamento de teto, painéis para divisórias, entre outros.

Até 2011, o gesso era classificado com resíduos classe “C” pela Resolução CONAMA nº 307 de 2002, classe de resíduos para os quais não estariam disponíveis tecnologias economicamente viáveis para sua reciclagem e recuperação. Em 2011 foi divulgado uma nova Resolução, a CONAMA 431, com um novo texto em que as sobras de gesso passaram a ser consideradas recicláveis e portanto, reclassificadas como classe “B”.

Um estudo feito pela Universidade Estadual de Campinas – UNICAMP, mostra que o resíduos de gesso pode ser reciclado inúmeras vezes sem perder suas características, essa reciclagem é feita em duas etapas a moagem e calcinação e após essas etapas ele pode voltar ao processo produtivo novamente. Quando o material é submetido somente à moagem, ele pode ser utilizado como fertilizante e destinado pra a agricultura, onde é utilizado como corretivo da acidez do solo ou até mesmo como um adicional do cimento no qual tem a função de tornar a mais lenta a secagem do mesmo.

Em Colombo, região metropolitana de Curitiba tem uma empresa que processa o material até que vire pó e encaminhado à agricultura e à indústria de cimento porém ainda falta uma conscientização por parte da construtora em separar corretamente esses resíduos. Quando o material é misturado a outros rejeitos da obra, fica inviabilizada a reciclagem e o material acaba indo para o aterro.

A disposição incorreta dos resíduos de gesso pode acarretar passivos ambientais. A reinserção do gesso no ciclo industrial além de ser uma destinação adequada pode diminuir despesas com a logística entre jazidas do estado do Pernambuco até o Paraná.

Maíra Caires Aquino é Engenheira Ambiental e Especialista em Construções Sustentáveis. 

Maíra Caires Aquino
Maíra Caires Aquino
Engenheira Ambiental e Especialista em Construções Sustentáveis
Increver-se
Notificar-me
guest
9 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Natalia Prado
Natalia Prado
4 anos atrás

Olá, sou a Natalia, aluna de Engenharia Civil, me interessei muito pelo o conteúdo, pois faço uma Iniciação Científica sobre a reutilização do gesso, e dos seus danos ao meio ambiente, e sempre visamos a economia dos nossos projetos. A Iniciação Científica foi para o 10° Congresso Regional, como um dos trabalhos com maior desenvoltura voltado para o meio ambiente.
Quem se interessar em saber um pouco mais sobre nossos estudos, o meu email é natalia_prado@outlook.com
Atenciosamente;

laurismundo
laurismundo
2 anos atrás

Olà, sou boa noite, meu nome é laurismundo estou iniciando uma pesquisa sobre a reutilização do gesso na construção civil, estou lendo achando bem interessante que me aprofundar nessa pesquisa gostaria de saber mais detalhes. se teria como você me passar? meu email: laurismundosilvafernandes@gmail.com

Eduardo Marcelo Estorti
Eduardo Marcelo Estorti
2 anos atrás

Temos gesso que utilizado para fazer estamos cerâmicos não tem onde descartar gostaríamos de encontrar na nossa região alguma reciclagem que compre o produto para reutilizar

JOÃO CARLOS ZAMPIER
JOÃO CARLOS ZAMPIER
1 ano atrás

Olá pessoal, sou de Guarapuava-PR, e possuo uma Empresa de Gesso. Há tempos venho desenvolvendo uma máquina Recicladora de Gesso, para reutilização na própria atividade da Construção Civil. O conjunto é composto de um Triturador e uma Calcinadora. Já estamos utilizando o gesso reciclado em várias frentes de trabalho, como: Molduras, Revestimento de paredes, Rejuntamento de placas, Fabricação de Placas, Placas Decorativas, etc., com sucesso! A máquina está patenteada e funciona à lenha ou qualquer outro tipo de energia. Gostaria de trocar idéias para a utilização também na Agricultura, pois a nossa região é eminentemente agrícola.

Samara
Samara
1 ano atrás

Ola Joao!

Me interessei por sua maquina recicladora de gesso.
Vc pode disponibilizar um contato de Celular(WhatsApp), para podermos conversar ?

Samara

tala bueno
tala bueno
1 ano atrás

tenho uma quantidade grande por mes de gesso aqui em nossa cooperativa em hortolandia sp. tem alguem que compra esse residuo?

ANDRESSA DOMINGUES
ANDRESSA DOMINGUES
1 ano atrás

Temos uma distribuidora de gesso e trabalhamos com molduras também.
Gostaríamos de encontrar na nossa região alguma reciclagem que utlize o descarte do produto.
ARTEX GESSO Leme SP.

Álvaro Resende Vaz
Álvaro Resende Vaz
1 ano atrás

Bom dia Maria Caires

Ótimo texto de um assunto extremamente necessário, que é a reciclagem de descartes.
Nossa empresa trabalha com sucatas de gesso e vi que tem várias pessoas interessadas em disponibilizar este material. Temos interesse em coletar o material.
Se houver interessados, estamos a disposição.

Notícias relacionadas

Ver mais notícias

Assine nossa newsletter

Cadastre seu e-mail e receba conteúdos exclusivos da Sinergia Engenharia!

9
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x