41 3085-8810 contato@sinergiaengenharia.com.br

Você destina corretamente seus resíduos?

De acordo com o Plano de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos de Curitiba elaborado em 2010, são coletados em média 2.560 toneladas de resíduos por dia, sendo que praticamente 57 % desses resíduos coletados são da coleta convencional do Município e apenas 3,48% são da coleta do “Lixo que não é Lixo”, o resto são de limpeza pública de feiras livres, varrições, resíduos vegetais e coleta seletiva informal.

Mas porque a destinação dos resíduos recicláveis é tão pequena?

Além de ser baixo, segundo a prefeitura de Curitiba 30% dos resíduos recicláveis coletados são rejeitados. Para melhorar esse percentual, além da separação correta dos resíduos, o material deve ser colocado na rua nos dias e horários exatos da coleta, para não haver confusão. Através do site da Prefeitura é possível verificar os dias e horários que os caminhões passam na sua região.

 Cabe ressaltar que em Curitiba existe um Decreto, o Decreto 983 de 2004, o qual diz que é de responsabilidade do Município a coleta dos resíduos que contenham características domiciliares tanto em residências, serviços, indústrias e comércios, desde que não sejam gerados mais de 600 litros por semana. Caso a geração seja superior a esta quantidade, é necessário providenciar uma empresa específica para coletar e destinar seus resíduos nessas categorias.

Assim como os resíduos com características domiciliares os quais são um problema mundial, pois é inevitável não gerar, temos também aqueles considerados como tóxicos, ou seja, pilhas, baterias, eletrônicos, embalagens de tintas, entre outros. Recentemente saiu uma pesquisa realizada pela UNU (Universidade das Nações Unidas) constatando que em 2014 a geração de resíduos eletrônico bateu o recorde. Foram descartados 4,8 milhões de toneladas no mundo, o equivalente a uma fila de 1,15 milhões de caminhões ou 23.000 quilômetros ou até mesmo ½ Equador.  E o que você tem feito com seus resíduos tóxicos?

Se você é um pequeno gerador, uma alternativa é destinar seus resíduos tóxicos para a coleta especial da prefeitura. Esta acontece próximo aos terminais dos ônibus em datas específicas das 07:30h às 15:00h. Pelo site da prefeitura é possíveis consultar o dia certo em que o caminhão estará no terminal mais próximo.

Nessa coleta é permitido:

– Até 10 Kg de Pilhas, baterias, toner de impressão, embalagens de inseticidas, tintas e remédios vencidos;

– Até 10 Unidades de lâmpadas fluorescentes;

– Óleo de origem animal ou vegetal embalados em garrafa pet.

Nós somos responsáveis pelos resíduos que geramos, separar corretamente, atender e respeitar as legislações é mínimo que devemos fazer.

(08/06/2015)

Maíra Caires Aquino é Engenheira Ambiental e Especialista em Construções Sustentáveis. 

Maíra Caires Aquino
Maíra Caires Aquino
Engenheira Ambiental e Especialista em Construções Sustentáveis

Deixe um comentário

avatar
  Increver-se  
Notificar-me

Notícias relacionadas

Ver mais notícias

Assine nossa newsletter

Cadastre seu e-mail e receba conteúdos exclusivos da Sinergia Engenharia!